COMO DOAR SANGUE ?

Requisitos básicos para Doação de Sangue (Fonte: Fundação Pro Sangue / SP ) 

  • Estar em boas condições de saúde.
  • Ter entre 16 e 67 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).
  • Pesar no mínimo 50kg.
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
  • Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Impedimentos temporários

  • Resfriado: aguardar 7 dias.
  • Gravidez: 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.
  • Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.
  • Tatuagem nos últimos 12 meses.
  • Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis, como não usar preservativo com parceiros ocasionais ou desconhecidos: aguardar 12 meses.

ATENÇÃO! Quem esteve nesses estados deve aguardar 12 meses PARA DOAR SANGUE:
Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins são estados onde há alta prevalência de malária. 

Impedimentos definitivos

  • Hepatite após os 10 anos de idade.
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis.
  • Malária.

Respeitar os intervalos para doação

  • Homens 60 dias: até 4 doações por ano.
  • Mulheres 90 dias: até 3 doações por ano.


Na triagem de doadores, os hemocentros obedecem a normas nacionais e internacionais de segurança do sangue, do Ministério da Saúde, da Associação Americana e do Conselho Europeu de Bancos de Sangue. O alto rigor no cumprimento dessas normas visa oferecer proteção ao receptor e ao doador. 
 

Honestidade também salva vidas. Ao doar sangue, seja sincero EM SUA ENTREVISTA - pré doação de sangue no hemocentro ou banco de sangue mais próximo de você. 

Não sabe onde há um hemocentro próximo de você? Acesse esse link:http://www.prosangue.sp.gov.br/hemocentros/Default.aspx

 

Outros tópicos: 

CUIDADOS PÓS-DOAÇÃO

1. Antes de deixar o banco de sangue, permaneça sentado por, pelo menos, 10 minutos. Coma e beba o lanche ofertado.

2. Tome quantidades extras de líquidos nas primeiras 24 horas após a doação. Isto ajudará na reposição do volume perdido durante a doação. Esta medida é particularmente importante nas primeiras 4 horas após a doação.

3. Evite subidas pesadas e exercícios físicos extenuantes por 12 horas. Esta conduta previne sangramentos e ajuda na cicatrização do local onde a agulha foi colocada. Também permite que seu corpo se ajuste à perda de volume ocorrida na doação.

4. Mantenha o curativo no local da agulha por, no mínimo, 4 horas. Se você notar que o local voltou a sangrar, aplique uma pressão sobre o local por 2-5 minutos e então troque a curativo, mantendo-o por mais 4 horas.

5. Se, após deixar o banco de sangue, você sentir mal-estar, tontura, fraqueza e sensação de que vai desmaiar, sente-se em qualquer local e coloque a cabeça entre os joelhos ou então, deite imediatamente no chão com as pernas elevadas. Estas medidas evitam quedas da própria altura e aumentam a circulação de sangue na cabeça, aliviando rapidamente os sintomas.

6. Se você acha que existe uma razão pela qual o seu sangue não deve ser utilizado para transfusão e você não pode ou não quis dizer isto durante a doação, por favor, entre em contato o mais breve possível com a FPS/HSP e solicite que seu sangue seja descartado. O descarte será totalmente confidencial. Isto é de grande importância para a segurança da transfusão do sangue que você doou e dos pacientes que recebem seu sangue.